Arquivo da categoria: Notícias

O Lorde Demônio lança selo para D&D

Robert Schwalb, o prolífico e genial autor por trás do Dungeons & Dragons (3ª, 4ª e 5ª edições), do Shadow of the Demon Lord e do futuro Judge Dredd & The Worlds of 2000 AD (cuja campanha no Kickstarter acabou de acabar e cumpriu com a meta em meros 9 minutos!!!), resolveu voltar ao D&D com um selo de produtos compatíveis com o sistema, a Max Press (batizada em homenagem ao seu gato).

Eis trechos do anúncio oficial de lançamento:

Pelos últimos três anos, eu me concentrei na criação e expansão do primeiro RPG da minha empresa (a Schwalb Entertainment), o Shadow of the Demon Lord. E eu consegui publicar mais de 170 títulos, com o auxílio e apoio de alguns dos melhores escritores, editores, revisores, designers e artistas do ramo. Eu pretendo continuar oferecendo apoio a este jogo com lançamentos adicionais para as linhas Monstrous Pages, Lands in Shadow e outras séries populares. Além disso, vamos iniciar a campanha do Occult Philosophy no Kickstarter em Novembro. Então, não se preocupe, Shadow of the Demon Lord chegou pra ficar. Eu tenho mais histórias, mais opções e mais conteúdo bizarro e insano para você. E isso deve durar por muitos anos.

No D&D

Antes de eu lançar a minha empresa e o jogo que muitos de vocês vieram a amar, eu trabalhei como um game designer para a Wizards of the Coast. Você pode encontrar minhas contribuições em três edições do Dungeons & Dragons, em títulos como Elder Evils e Tome of Magic, para a 3ª Edição, incontáveis livros e artigos para a 4ª Edição, e no Livro do Jogador, Guia do Mestre e Manual dos Monstros da 5ª Edição. Isso para não falar do Xanathar’s Guide to Everything, Mordenkainen’s Tome of Foes e no futuro Guildmaster’s Guide to Ravnica. Eu experimentei com Greyhawk, explorei os desertos de Athas, andei nas terras torturadas de Faerûn e fiz minha contribuição com Eberron. Putz! Eu até brinquei um pouco com o Gamma World. Tenho D&D no meu DNA e esse jogo sempre terá um lugar no meu coração.

Molhando o pezinho

Eu passei mais ou menos o último ano pensando em fazer uma volta não-oficial ao Dungeons & Dragons. Sim. Eu continuei a contribuir com o jogo aqui e ali, mas eu tenho umas ideias me perturbando que provavelmente nunca seriam lançadas num livro oficial. Graças à Open Gaming License eu não preciso esperar pelo projeto perfeito no qual despejar minhas criações sinistras. Eu posso publicá-las direto.

Bor Bwalsch e Outros Horrores

Sob o selo da Max Press, a Schwalb Entertainment publicará uma série de suplementos pequenos e especializados que adicionarão um pouco de trevas aos mundos mais ensolarados e felizes do D&D. Começando com o Blasphemies of Bor Bwalsch, que adicionará mais de vinte magias malignas ao jogo, a Max Press continuará produzindo novas opções para diversas classes de personagens e encontrará outras formas de injetar uma dose de escuridão nos seus jogos. Caso queira jogar com um personagem que anda pela escuridão, obriga demônios a cumprirem com suas ambições ou comunga com entidades alienígenas dotadas de um imenso poder e espreitando logo além dos limites da realidade, a Max Press tem o que você procura. E se você é um mestre de jogo buscando apimentar suas campanhas com algumas surpresinhas diabólicas, a Max Press promete te entregar exatamente isso.

Fonte: EN WorldRobert J. Schwalb To Launch D&D Imprint

Anúncios

Colorindo masmorras e dragões!

A Wizards of the Coast lançou recentemente um livro de colorir de Dungeons & Dragons. Isso mesmo! Um livro de colorir!

Capa do Adventures Outlined, o livro de colorir do D&D

Ilustrado por Todd James, o Adventures Outlined pode não agradar os velhos veteranos do jogo, mas é uma interessante porta de entrada para os filhos e sobrinhos desses nerds velhos e cansados começarem suas aventuras por esse mundo rico e fantástico – e, quem sabe, seguir com o legado de aventuras.

Ele é composto por cerca de 40 páginas para ilustrar, cheias de monstros clássicos – tem de yuan-ti a devoradores de mentes, e até flumphs! – acompanhadas por um texto curto de Adam Lee, que às vezes é uma descrição, às vezes uma historinha e até mesmo alguns poemas.

Eis umas páginas do livro:

Aqui no Brasil vai ser difícil encontrar o alvo perfeito: crianças que já tenham uma base de inglês e que ainda estejam numa idade na qual gostem de desenhar. Mas, sejamos francos: aposto que vai ter muito adulto tentado a comprar esses livretos!

Caso queira: o Adventures Outlined está disponível na Amazon por pouco mais de R$ 65,00.

Não nego nem confirmo ser um deles.

Fonte: EN WorldMind Flayers, Flumphs, and Owlbears Feature In This D&D Colouring Book

Eberron chegou!

Hoje de tarde a Wizards of the Coast anunciou o lançamento do Wayfinder’s Guide to Eberron, um livro básico introdutório para o cenário pulp criado por Keith Baker.

Capa do Wayfinder’s Guide to Eberron, já disponível para venda na DM’s Guild.

Um fato curioso deste lançamento é ele ser um protótipo lançado na DM’s Guild. O que isso significa? Significa que o livro está sendo lançado basicamente como um artigo da série Unearthed Arcana (ou seja: é produto para playtest) e estará sujeito a atualizações e aprimoramentos de acordo com o feedback recebido por quem usa diretamente o livro, bem como pelas regras dele que forem apresentadas com artigos da coluna de playtests da Wizards of the Coast — que já lançou a parte das raças do livro hoje, gratuitamente, para quem quiser dar uma olhada, usar e opinar.

Eis os trechos traduzidos livremente da nota de lançamento que a Wizards of the Coast soltou hoje a respeito do Wayfinder’s Guide to Eberron:

Os fãs mais por dentro do D&D podem saber que Keith Baker criou o cenário de Eberron como parte do concurso Fantasy Setting Search organizado em 2002, e que a equipe do D&D tem trabalhado com ele para atualizar o cenário. O primeiro passo é o Wayfinder’s Guide to Eberron, um lançamento digital na loja da Dungeon Master’s Guild, que servirá para coletar opiniões sobre os ajustes das raças, dracomarcas, novos antecedentes e mais. Os fãs ainda podem usar esse documento como um ponto de partida para criarem seus próprios monstros, aventuras prontas e outros materiais de apoio para o cenário de Eberron, e colocá-los à venda na Dungeon Master’s Guild (dmsguild.com)

“Fazem dezesseis anos desde que eu plantei as primeiras sementes daquilo que se tornaria Eberron. E assistir elas crescerem tem sido uma jornada incrível” diz Keith Baker, criador de Eberron. “Muitas pessoas boas têm se envolvido na criação do mundo que conhecemos hoje, e tem sido maravilhoso vê-lo ganhar vida. Eu mal posso esperar para ver o que as pessoas farão com ele!”

Desde a concepção do Dungeons & Dragons 5ª Edição com o playtest público envolvendo mais de 175.000 fãs e agora com o atual sucesso recorde da marca, o foco tem se tornado dar ouvido aos fãs. O D&D está empolgado de visitar […] Eberron em 2018 e outros planos além em 2019!

Além disso, o próprio Keith Baker soltou uma postagem bem legal em seu blog falando a respeito desse lançamento e seu impacto sobre o desenvolvimento do cenário.

Inclusive, ele responde algumas dúvidas que tendem a surgir ao ler a nota de lançamento da Wizards of the Coast acima:

The Wayfinder’s Guide to Eberron está disponível na DM’s Guild. É um produto em PDF e será tratado como material do Unearthed Arcana. Ele mostra Eberron tal qual estou jogando em minha mesa. O objetivo deste livro é te dar tudo o que você precisa para começar a mestrar Eberron na sua mesa… e também testar as ideias presentes e pegar a sua opinião sobre eles. É um livro de 170 páginas, e a maior parte explica o mundo. Mas ele também é um documento vivo, e a parte das regras — raças, dracomarcas — devem evoluir com o tempo. Esta é a principal razão por ele não estar disponível ainda como print on demand; o PDF será atualizado de acordo com as opiniões que coletarmos.

Na postagem, Keith continua falando sobre o livro não ser uma adaptação dos outros livros básicos de cenário para a 5e — porque esses livros estão disponíveis para a compra online — ou ser uma enciclopédia do cenário, mas sim ser um documento mais concentrado em abordar a temática do cenário e as coisas que o definem.

Print do índice do Wayfinder’s Guide to Eberron

E daqui pra frente?

O lançamento do Wayfinder’s Guide to Eberron marca ainda a liberação do cenário para ser abordado pelos criadores de conteúdo da DM’s Guild. O que significa que em breve veremos aventuras prontas feitas exatamente para o cenário sendo vendidas (ou disponibilizadas gratuitamente) por lá.

Além disso, Keith Baker disse estar trabalhando em pelo menos um suplementos de Eberron, que possivelmente será vendido também pela DM’s Guild: Morgrave’s Miscellany, um suplemento que abordará muito material que foi cortado do Wayfinder’s Guide to Eberron, como as Dracomarcas de Siberys e alguns arquétipos clássicos do cenário.

Além disso, ele disse querer abordar vários outros assuntos relacionados ao cenário, como a interação com os planos, Droaam, Darguun, o que existe abaixo dos mares do cenário.

Enfim. Com o lançamento do Wayfinder’s Guide to Eberron, o cenário deverá passar a ter muito material de apoio na loja de material de D&D, vindo especialmente do autor. É um momento de grande esperança para quem curte o cenário, bem como um ótimo momento para aprender mais a respeito dele, para quem ainda não conhece Eberron.

Ravnica: Magic para D&D

Um pedido bastante comum entre os fãs de Dungeons & Dragons e Magic: The Gathering desde a aquisição do D&D por parte da Wizards of the Coast tem sido o lançamento do cenário de M:tG para D&D. No passado recente, a Wizards of the Coast tentou oferecer um pouco disso na forma da série de artigos Plane Shift — Plane Shift: Zendikar, Plane Shift: Innistrad, Plane Shift: Kaladesh, Plane Shift: Amonkhet e Plane Shift: Ixalan.

Mas agora a coisa ficou séria! A Wizards of the Coast anunciou que o cenário de Magic virá oficialmente para o D&D na forma de um livro básico chamado D&D Guildmaster’s Guide to Ravnica, com lançamento previsto para o dia 20 de Novembro de 2018.

Para quem não está tão por dentro do conhecimento de Magic: the Gathering, Ravnica é um plano cujo principal planeta é tomado por uma única cidade gigante, com temática puxada para uma versão fantástica do Leste Europeu, chamada de Ravnica.

Capa do Guildmasters’ Guide to Ravnica, a ser lançado no dia 20 de Novembro

Eis os trechos a respeito desse novo lançamento, traduzidos livremente da nota de lançamento publicada pela Wizards of the Coast:

A Wizards of the Coast está empolgadassa de anunciar sua primeira criação colaborativa de um produto unindo Dungeons & Dragons e Magic: the Gathering com o Guildmaster’s Guide to Ravnica, a ser lançado mundialmente no dia 20 de Novembro. O livro virá com tudo o que os fãs precisam para jogar D&D na cidade mundial de Ravnica, um cenário adorado pelos fãs habitado por dez guildas rivais, cada uma com sua visão de mundo e missão.

A exploração desses cenários [NT: o anúncio também inclui o lançamento de um livro básico para Eberron] é a prova de que a empolgação dos fãs pode orientar os caminhos que o D&D enveredará. “Fãs de Dungeons & Dragons e Magic: the Gathering tem pedido há anos pela possibilidade de jogar junto com essas duas marcas”, disse Nathan Stewart, diretor do D&D. “Com esse aumento gigantesco na popularidade do D&D e comprometimento do Magic em dar vida ao seu cenário e narrativas, o momento pareceu perfeito agora. Ravnica é um lugar cheio de possibilidades de aventuras e eu mal posso esperar para os fãs entrarem lá e encarnarem um membro de uma de suas guildas icônicas. Eu, pessoalmente, farei um novo personagem para a Rakdos.”

“Neste outono [NT: primavera, no Brasil], o Magic revisitará o amado plano de Ravnica, com o lançamento do conjunto Guildas de Ravnica para o card game e do Guildmaster’s Guide to Ravnica, que trará classes, raças, monstros e informação de cenário a respeito das dez guildas”, disse Elaine Chase, Vice-Presidente de Marketing e Estratégia Global da Marca do Magic: the Gathering. “É muito fera ter fãs de D&D e Magic jogando juntos no mesmo multiverso.”

“Estamos empolgados para que os fãs explorem o mundo robusto de Ravnica na pele de um membro de sua guilda favorita”, disse Aaron Forsythe, Diretor de Design Sênior do Magic: the Gathering. “Pegar o Guildmaster’s Guide to Ravnica é uma ótima forma dos fãs de D&D e Magic contarem uma parte das histórias de Ravnica com seus amigos, sentados numa mesa de RPG.”

Desde a concepção do Dungeons & Dragons 5ª Edição com o playtest público que envolveu mais de 175.000 fãs e continuando hoje com o atual sucesso recorde da marca, o foco tem sido dar ouvidos aos fãs. O D&D está empolgado de visitar Ravnica […] em 2018 e outros planos além em 2019!”

Fonte: EN WorldRavnica: Is This The New D&D Setting? [UPDATED & CONFIRMED!]

Designer de Baldur’s Gate muda para RPG de mesa

James Ohlen, um dos responsáveis pelos jogos Baldur’s Gate e Dragon Age: Origins – além de vários outros RPGs de computador – deixou a BioWare, empresa onde trabalhou por 22 anos, em favor de fundar uma empresa focada na criação de material para D&D: a Arcanum Worlds. E seu primeiro lançamento é um suplemento capa-dura baseado na Grécia antiga chamado Odyssey of the Dragonlords.

Capa do Guia do Jogador para o cenário de Odyssey of the Dragonlords

E ele não está sozinho. Jesse Sky, também da BioWare e parte da equipe do Star Wars: The Old Republic, também saiu da empresa em favor de fundar a Arcanum Worlds. Em seu site, a empresa anuncia: “… um suplemento de capa-dura para a quinta edição do maior RPG do mundo. Esta aventura épica é ambientada num mundo de fantasia inspirado pela mitologia grega.”

Ohlen anunciou seu novo projeto numa série de tweets.

“Após 22 anos, eu me afastei da BioWare. Eu adorei meu tempo [trabalhando] com Anthem, Star Wars, Dragon Age e Dungeons & Dragons. Mas eu preciso dar um tempo da indústria [de videogame] e trabalhar em algo um pouco menor e mais pessoal. A maior diversão que eu tive foi como principal designer de Baldur’s Gate 1+2 e Neverwinter Nights. Eu sou fanático por D&D desde os dez anos de idade e quero voltar a ser parte disso. Por favor, visitem http://www.arcanumworlds.com e vejam do que estou falando.

O primeiro livro que estou produzindo se chama Odyssey of the Dragonlords. Comigo está trabalhando outro ex-Diretor Criativo da BioWare – Jesse Sky. Junto com um escritor misterioso com quem já trabalhei antes.”

O site Game Informer diz que os fundadores da BioWare Ray Muzyka e Greg Zeschuk ouviram falar de Ohlen quando ele administrava uma loja de quadrinhos e mestrava duas lendárias campanhas de D&D tão populares, que elas tinham listas de espera para jogar.

Os currículo de James Ohlen inclui os jogos Neverwinter Nights, Dragon Age: Origins, Baldur’s Gate I e II, Knights of the Old Republic e Star Wars: The Old Republic. Jesse Sky trabalhou no Star Wars: The Old Republic, bem como em três expansões.

E quem é esse escritor misterioso? Eles dizem que “Estamos empolgados em trabalhar com um de nossos bons amigos, um autor muito talentoso que vive em Austin, Texas. Fiquem ligados – anunciaremos o nome dele no futuro!”

Fonte: EN WorldBaldur’s Gate Designer Leaves Bioware To Form D&D Publishing Company

A nova aventura de D&D está cheia de golpistas!

A nova aventura a ser lançada pela Wizards of the Coast, Waterdeep: Dragon Heist, tem uma trama que envolve uma caça ao tesouro urbana, com eventos dentro da cidade e regras especiais para aventuras urbanas. Nela, os vilões estão atrás de uma grande carga de moedas de ouro, que serão usadas para propósitos terríveis e caberá aos heróis impedí-los de conseguir colocar as mãos nesse tesouro.

Tal qual a clássica I6: Ravenloft, a aventura terá objetivos e antagonistas variáveis, permitindo que seja jogada repetidas vezes, com o mestre escolhendo qual das oposições será o principal oponente dos heróis nesta campanha. Ela ainda será integrada com regras para atividades fora das aventuras e permitirá aos personagens se tornarem donos de posses na cidade mais cosmopolita de Faerûn.

A aventura será para personagens de níveis 1 a 5 e será lançada no dia 18 de Setembro. A previsão é do preço final ser mais ou menos US$ 49.95 (aqui a Amazon está fazendo a pré-venda por cerca de RS$ 187,00).

Fonte: EN World The Next Dungeons & Dragons Storyline Will Be…

Dois cenários para a 5e em 2018

De acordo com o site ComicBook.com, o Diretor de Marcas da Wizards of the Coast, Nathan Stewart, os informou que a WotC tem planos de introduzir mais dois cenários de D&D para serem visitados ainda este ano. Ele disse “Será algo mais parecido com o que foi feito com a Baróvia [na aventura “Curse of Strahd”]. Será algo que vai te dar um gostinho do cenário, mas não vamos trazer ele todo, apenas deixaremos você entrar e dar uma olhada.”

Cenários clássicos do D&D. Da esquerda pra direita: Spelljammer, Dark Sun e Planescape.

Stewart não disse quais cenários seriam revelados, mas disse que os fãs mais “hardcore” iriam gostar. Seria Spelljammer (dadas as dicas recentes na convenção GAMA e no Mordenkainen’s Tome of Foes), ou Dark Sun (por conta dos vídeos do Mike Mearls falando de psiônicos)? É importante frisar que Chris Perkins disse que a Dungeon of the Mad Mage incluiria um elmo de spelljammer. Ambos os cenários parecem ter boas chances, e Planescape também é um candidato forte. Mas tudo isso não passa de palpite.

Não foram encontradas vagas de produtos para a WotC no site da Amazon, então é razoável presumir que esses cenários virão na forma digital. Podem ser qualquer coisa desde artigos na Unearthed Arcana, até um PDF completo igual os crossovers de Magic: The Gathering lançados. Só o tempo dirá!

Quando isso acontecerá? Stewart diz que “Temos duas surpresas nesse verão que acredito que os fãs hardcore de D&D vão realmente amar. E ainda tem outra que vamos lançar mais pra frente, ainda este ano, que não falamos para ninguém. Anunciaremos em Julho.”

Fonte: EN World  Two New Settings For D&D This Year

D&D Reader, o Kindle do D&D

Muitas pessoas têm pedido por PDFs oficiais do D&D e a Wizards of the Coast tem tentado atender a necessidade por materiais de consulta e referência eletrônicos, para serem usados nas mesas, de diversas maneiras. De acordo com o site Machable, a WotC está para lançar um aplicativo de leitura do D&D nos próximos meses, chamado D&D Reader. Não serão lançados PDFs, mas será basicamente um aplicativo específico para o D&D que funcionará de maneira parecida com o Kindle. Previsto para iOS e Android. O Mashable relata ainda que “Cada livro será dividido em diferentes seções. Então, digamos, com o Livro do Jogador, você pode tocar sobre pequenas imagens na sua biblioteca para ir diretamente à introdução, ao guia passo-a-passo de criação de personagens, à descrição das raças, partes específicas para cada classe de personagem, equipamentos, e todas as demais partes que formam o Livro do Jogador do D&D.”

De acordo com o autor da notícia no Mashable, Adam Rosenburg, o app será algo diferente do D&D Beyond, que é mais orientado para atividade e funções de uso dentro do jogo, sendo mais parecido realmente com o Kindle, com divisões mais claras do conteúdo em capítulos, facilitando a leitura.

De acordo com o que foi noticiado no site Polygon, ele está sendo desenvolvido pela Dialect, a mesma empresa responsável pela Dragon+, e terá as seguintes características:

  • Você poderá favoritar páginas específicas;
  • Parte do conteúdo será gratuito, parte será pago para destravar. “Se você, por exemplo, só quiser jogar de bardo pra sempre, você poderá comprar só essa parte. Os preços por seções individuais variarão entre 3 e 5 dólares (dependendo do que comprar) e os três livros básicos o Livro do Jogador, Guia do Mestre e Manual dos Monstros custarão 30 dólares cada um.”
  • Se você comprar pedaços de um livro e eventualmente quiser comprar tudo, o valor do que comprou antes se transformará num desconto.
  • As seções gratuitas incluem “criação de personagens, classes básicas, equipamentos, valores de habilidades, combate, regras de magia, e tudo mais que faz parte das informações básicas necessárias para compreender o jogo.”

Fontes: EN World D&D Reader App Coming This Fall? | Mashable | Polygon

Tomb of Annihilation é a nova campanha de D&D!

“Indiana Jones com zumbis” é um dos termos que estão usando para descrever a nova aventura lançada pela Wizards of the Coast. Com lançamento previsto para o dia 8 de Setembro em algumas lojas especializadas e 19 de Setembro pro resto do mundo, a reencarnação espiritual da famosa dungeon Tomb of Horrors vai chegar para a nova edição no Continente Perdido de Chult, em Forgotten Realms.

Eis a nota de lançamento traduzida:

Atreva-se a desafiar a morte nesta aventura para o maior RPG do mundo.

O assunto mais corriqueiro nas ruas e tavernas tem sido sobre essa chamada maldição da morte: uma doença fatal que aflige qualquer um que tenha sido trazido de volta à vida. As vítimas vão ficando mais fracas e magras a cada dia, aos poucos sendo trazidas de volta à morte da qual escaparam.

Quando elas finalmente sucumbem, não podem ser reanimadas – aliás, ninguém mais pode ser reanimado, mesmo quem jamais morreu no passado. Templos e estudiosos da magia divina não conseguem explicar tal maldição que abateu-se sobre uma região inteira (e, possivelmente, o mundo todo).

A causa é um artefato necromântico chamado Fomentador de Almas, que está em algum lugar de Chult – uma misteriosa península no extremo sul, cercada por montanhas e tomada por florestas tropicais.

Uma aventura criada por Christopher Perkins, Will Doyle e Steve Winter, com design adicional de Adam Lee. A história contou com a consultoria do premiado criador de Hora de Aventura, Pedleton Ward.

Leia o resto deste post

Planescape Torment ganhará uma Enhanced Edition?

Nesta sexta-feira, a Wizards of the Coast induziu muitos fãs a entrarem no endereço planescape.com, onde há um mostrador com uma contagem regressiva (que vai zerar às 18h da próxima terça, dia 28). Muitos têm especulado o motivo deste contador, já que Planescape é um cenário bastante querido dos jogadores mais antigos de Dungeons & Dragons.

Tradução: “Um contador recentemente nos chamou a atenção. Plan Escape? Alguém sabe do que se trata? http://planescape.com/”

O usuário volanin do site EN World.org mencionou que o código fonte da página possui um trechinho assim:

secret=”0x50 0x53 0x54 0x45 0x45″

E os valores apresentados podem ser convertidos nas letras PSTEE, o que é um indício forte para a novidade ser Planescape: Torment Enhanced Edition.

Além disso, o usuário Blueace lembrou que o site está hospedado no mesmo servidor do BaldursGate.com.

Certeza mesmo, só vamos ter na terça. Mas a minha aposta é que finalmente conseguiram desenrolar as amarras judiciais que impediam o Planescape: Torment de ter uma edição aprimorada.