Arquivo diário: 18/10/2017

Táticas dos Gnolls

Texto original: The Monsters Know What They’re Doing | Gnoll Tactics, por Keith Ammann.

Gnolls do Volo’s Guide to Monsters. Da Wizards of the Coast.

Eu não sei das campanhas de vocês, mas eu literalmente passei a minha vida inteira de Dungeons & Dragons sem usar (como mestre) ou encontrar (como jogador) um gnoll. Então, eu estou abordando o último monstro da parte inicial desta série sobre os humanóides sem experiência prévia.

Gnolls são descritos no Manual dos Monstros como terríveis saqueadores e nômades com cabeças de hiena. Eles possuem Força alta e Inteligência baixa; seu comportamento é guiado por seus instintos violentos e destrutivos. Como muitos outros monstros humanóides do D&D, eles possuem visão no escuro. Eles usam lanças e arcos longos, de acordo com o MM, e possuem uma característica única, Frenesi, que os permite mover metade de seu deslocamento e fazer um ataque bônus de mordida após ter reduzido um inimigo no corpo-a-corpo a 0 pv.

Honestamente, eu dispensaria o arco longo — ele não faz sentido com o contexto apresentado para eles no MM. Sua Força é alta o bastante para não ser vantajoso usar um arco. Eles não são espertos o suficiente para construir um, tampouco sociais o bastante para conseguirem um através do comércio. De acordo com a descrição, gnolls preferem atacar alvos fáceis; arcos longos foram criados para perfurar armadura. E a única característica dos gnolls é voltada para o corpo-a-corpo.

Então, ao meu ver, o gnoll é estritamente um lutador de corpo-a-corpo. Como criaturas com Força alta, Destreza acima da média, Constituição mediana e respeitáveis cinco dados de vida; gnolls são tropas de choque. Quando eles percebem um alvo vulnerável, provavelmente durante uma patrulha noturna (visão no escuro provê uma vantagem contra PCs que não a possuam), todos atacam juntos. Apesar da premissa desta série — que monstros não se limitam a fazer “Rrrraaaahhhh! Ataca! Ataca! Ataca!” o tempo todo — isso é exatamente o que os gnolls fazem. Eles são destemidos e agressivos, usando todo o seu deslocamento para aproximarem-se de seus alvos, para então Atacar (ação) com suas lanças. Se um desses ataques reduzir um inimigo a 0 pv, o gnoll entra em Frenesi e avança num outro inimigo a 4,5 metros e o morde (ação bônus).

Por mais perversos que sejam, entretanto, os gnolls são criaturas movidas por puro instinto, e eles vão colocar sua sobrevivência acima de conceitos como honra ou valor. Se um deles for ferido gravemente (ficar com 8 pv ou menos), ele vai dar as costas e fugir, usando a ação Disparada para se afastar o mais rápido possível e potencialmente se expondo para ataques de oportunidade no processo.

Uma alcateia de hienas pode ser liderada por um gnoll líder da matilha, que é um gnoll mais poderoso, tendo dois golpes por ação de Ataque e sendo capaz de Incitar Frenesi em seus aliados. Ele ainda empunha uma glaive — que eu imagino, dado que mesmo o líder de matilha tem só Inteligência 8, consiste numa espada que ele pilhou e prendeu na ponta de uma lança — um feito tecnológico para os padrões gnolls.

Incitar Frenesi está listada nas “Ações”, mas, de fato (e isso é fácil de deixar passar), ela é parte da combinação de ataques do líder da matilha; então, o gnoll líder da matilha não precisa abrir mão de sua ação de Atacar para usá-la. Efetivamente, o que Incitar Frenesi faz é permitir que outro gnoll na alcatéia (uma tecnicalidade na escrita da característica restringe sua aplicação a outros gnolls e hienas gigantes, já que estas são as únicas criaturas que possuem Frenesi) faça o equivalente de um ataque de oportunidade imediato contra seu oponente. Isso acontece durante a ação do gnoll líder da matilha. Incitar Frenesi consome a reação do gnoll, então, se seu oponente sai de seu alcance, ele não poderá fazer um ataque de oportunidade.

Fora essa característica, a única coisa distintiva do gnoll líder de matilha dos demais gnolls é sua “glaive” (risos), que lhe dá um alcance de 3 metros no lugar de 1,5 metros. Nada disso torna a tática do gnoll líder de matilha mais elaborada que a de um gnoll comum.

Num primeiro olhar, o gnoll Presa de Yeenoghu também parece ser pouco mais que um gnoll mais excepcional, com Ataques Múltiplos triplos, de garra/garra/mordida, no lugar de usar armas. Mas, o Presa de Yeenoghu tem um pouco mais de Inteligência, então ele vai se manobrar pelo campo de batalha e focar nos PCs vulneráveis, particularmente aqueles que causam muito dano, mas não aguentam tanto. Gnolls percebem fraqueza e focam nelas, então, presuma que o Presa de Yeenoghu seja capaz de “ler” os pontos de vida e classe de armadura de um PC e atacar de acordo. Isso ainda permite que o Presa de Yeenoghu capitalize em cima de sua característica de Frenesi, porque ao concentrar nos PCs com poucos pontos de vida primeiro, ele aumenta suas chances de usar Frenesi mais vezes. Se você for um mestre com coração mole, que quer proteger os membros frágeis do grupo de aventureiros, não coloque um Presa de Yeenoghu contra eles, porque ele terá de seguir o que seus instintos mandam.

Um outro detalhe sobre o gnoll Presa de Yeenoghu, que não tem nada a ver com táticas, mas ainda é importante frisar: diferente dos gnolls e gnolls líderes da matilha, o Presa de Yeenoghu não é caracterizado como um humanóide. Ele é um corruptor, e como tal é detectável pelo Sentido Divino do paladino ou pela Consciência Primitiva do patrulheiro, bem como uma magia de proteção contra o bem e mal oferece defesa contra ele.

….

Próximo: Fechando a família dos goblinóides com chefes goblins, hobgoblins e bugbears

Anúncios