#RPGaDay2015 – Dia 13: Podcast de RPG preferido

logo #RPGaSAY2015Este é um post da gincana virtual #RPGaDAY2015. É uma campanha interessantíssima que visa fomentar a discussão sobre RPGs na rede. Clique na imagem ao lado para alcançar uma página onde eu explico melhor a respeito desta brincadeira. Se você gostou da idéia, participe você também! Não precisa ter blog. Pode soltar a sua opinião nas mídias sociais e comentar quando ver esse tipo de artigo. O importante é fomentar o debate, não importa muito o meio.

Continuando com o que eu havia prometido no dia 10, vou apontar uma resposta nacional e outra internacional. Vamos lá?

É difícil escolher um podcast de RPG preferido. Isso porque eu não gosto muito de podcasts e não acompanho nenhum. Por conta disso, eu vou fazer uma interpretação abrangente do que quiseram dizer por podcast e incluir nesse grupo os canais de vlogs (ou videocasts, ou como preferir chamar os vídeos do YouTube). Abaixo estão praticamente todos os vlogs que eu acompanho (e olha que um deles eu tive de parar por estar jogando a mesma aventura que os caras).

Podcast de RPG preferido (Nacional): Formação FireballBasic Attack

E aê? Belezinha?

Eu não lembro como eu encontrei essa galera da primeira vez. Devia estar procurando porcarias na internet. Não faz diferença. O importante é que quando eu encontrei, eu passei a curtir muito o trabalho dos caras. Eles falam sobre muitos jogos diferentes, conseguem explicar e passar suas idéias com bastante clareza e irreverência. Além de mostrarem um domínio bem legal sobre os jogos que abordam.

Eles fazem muitas séries de vídeos bem legais, mas talvez a melhor para começar a acompanha seja a playlist Basic Attack.

Podcast de RPG preferido (Internacional): Titansgrave – The Ashes of Valkana

Muitos amigos sempre me recomendaram assistir os vídeos do Will Wheaton – o eterno Wesley Crusher do Jornada nas Estrelas: A Nova Geração – que tratam de partidas de jogos de tabuleiro. Quando eu finalmente fui dar o braço a torcer, eu dei a sorte de descobrir que ele estava começando uma nova série. E desta vez dele mestrando partidas de RPG num cenário completamente novo. A idéia parecia legalzinha, até eu ver o vídeo e ele dizer as palavras mágicas:

“Thundarr, o Bárbaro” e “filme da Heavy Metal de 1981”

Isso foi o bastante para me fazer assistir a série até o capítulo 2. Depois disso eu tive de parar a pedidos de um amigo meu que resolveu mestrar o jogo e não queria que a gente assistisse mais nada, para evitar os spoilers.

Anúncios

Sobre CF

A fellow brazillian player.

Publicado em 13/08/2015, em Opinião e marcado como , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: