Mestre uma campanha no Vale Nentir usando o D&D 5ª Edição

Traduzido do original: Run a Nentir Vale Campaign for D&D 5th Edition no site Tribality.com. Por: Shawn Ellsworth

Shadowmire. Fonte: Monster Vault – Threats to the Nentir Vale

D&DNa semana passada, eu me surpreendi ao ver o Vale Nentir na lista de cenários da pesquisa de D&D mais recente, ao lado de Greyhawk, Eberron e outros cenários grandes. Vê-lo na pesquisa me deu esperanças do cenário padrão da 4ª Edição receber suporte oficial no futuro (mas eu não apostaria nisso). Um dos principais pontos fortes do Vale Nentir como um cenário é o fato dele ter menos material escrito a respeito dele do que Forgotten Realms, Eberron, Greyhawk, Dragonlance e Dark Sun. Isto pode ser um grande benefício, uma vez que a maioria dos mestres pode conhecer o cenário rapidamente, sem ter que carregar uma bagagem enorme com diversos livros de cenário, romances, quadrinhos e videogames. Muitos dos detalhes a respeito do cenário são deixados propositalmente vagos e misteriosos, dando bastante espaço para que o mestre preencha o cenário com sua própria imaginação.

Vale Nentir | Os Planos

O Vale Nentir é um cenário no qual encontrará “pontos de luz” pequenos e isolados num mar de escuridão e lugares selvagens. Viajar entre as comunidades é perigoso, há muitos bandidos, humanóides sádicos e monstros de todo o tipo que controlam as áreas de escuridão entre as áreas assentadas. O Vale foi há muito tempo uma área fronteiriça entre os impérios, mas o império dos Humanos (Nerath) e o império dos Dragonborn(Bael Turath) caíram há muito tempo.

Você deveria ver mais a respeito do Vale Nentir se você:

  • quer mestrar uma campanha num cenário cujos jogadores tenham menos chances de conhecer cada detalhe do cenário;
  • está a fim de mestrar uma das aventuras da 5ª Edição, como a do Starter Set ou a Princes of the Apocalypse, fora de Forgotten Realms;
  • é um mestre iniciante e quer ter a liberdade de criar um pouco do cenário com a salva-guarda de dispor de comunidades, locais, NPCs e mapas detalhados;
  • é ocupado e quer poupar tempo colocando material de cenário já pronto em um jogo já existente.
Capa de Hammerfast: A Dwarven Outpost Adventure Site

Capa de Hammerfast: A Dwarven Outpost Adventure Site

Livros e Outras Fontes

Até lançarem mais material de apoio para o Vale Nentir ser publicado, vamos dar uma olhada no que já está disponível para mestrar uma campanha de D&D 5ª Edição neste cenário maravilhoso.

  • Guia do Mestre do Dungeons & Dragons 4ª Edição oferece um capítulo com uma porção de detalhes sobre a cidade de Fallcrest (Queda Escarpada na versão brasileira) e dá uma base sobre como é o cenário do Vale Nentir. Você tem as estatísticas da vila de 1350 habitantes (além de outros mais ou menos 900 que moram nas redondezas) e 29 locais com NPCs-chave feitos para a maioria. Fallcrest foi criada para ser o ponto de partida de qualquer campanha. É oferecida também uma aventura introdutória chamada Kobold Hall (O Covil dos Kobolds, na versão brasileira);
  • Monster Vault: Threats to the Nentir Vale oferece 128 páginas de lugares, NPCs e monstros para a sua campanha no Vale Nentir ou para serem facilmente utilizados em outros cenários. Muitos dos monstros pode ser atualizados para a nova edição simplesmente procurando pelo seu equivalente no Monster Manual. Este é um livro muito, muito, bom e provê quase tudo o que você precisa para mestrar uma campanha no Vale Nentir;
  • Conquest of Nerath é um jogo estilo WAR que tem como base o mundo de Nerath, do qual o Vale Nentir é apenas uma parte diminuta. Ele é uma boa fonte de idéias de lugares para ir quando os jogadores forem explorar os lugares fora do Vale;
  • Romances ambientados no Vale Nentir incluem The Mark of Nerath e a série Abyssal Plague. Eu li apenas The Mark of Nerath, que eu adorei e me ofereceu idéias para novos locais para o caso dos meus jogadores viajarem para Nenlast, a noroeste;
  • Quadrinhos: Fell’s Five é um quadrinho ambientado no Vale Nentir;
  • D&D Gazetteer: The Nentir Vale tinha data marcada para o lançamento, mas nunca saiu;
  • Aventuras:
    • Starter Set (a Caixa Vermelha) – Twisting Halls é uma aventura básica de exploração do mundo selvagem e de dungeon que ocorre nas cercanias de Fallcrest;
    • Dungeon Master’s Kit – Reavers of Harkenwold é difícil de encontrar, mas se você conseguir, esta aventura pode ser o início de sua campanha em Harkenwold e na região sudeste;
    • Monster Vault – Cairn of the Winter King (nível 4) começa em Fallcrest e leva os PCs para uma dungeon através de um navio voador mágico falante;
    • A Fortaleza no Pendor das Sombras (níveis 1-3) começa com salteadores kobolds ameaçando a cidade de Winterhaven (Abrigo do Inverno, na versão nacional), oferecendo bastante detalhes sobre a cidade, caso queira utilizá-la;
    • O Labirinto da Espiral do Trovão (níveis 2-6) detalha a cidade de minotauros abandonada subterrânea de Saruun Khel. Eu ouvi falar bem desta aventura, mas meus jogadores não curtiram muito o esquema de gnolls demoníacos quanto de nossas aventuras em Fallcrest e Hammerfast;
    • Pyramid of Shadows (níveis 7-10) é essencialmente uma megadungeon a ser explorada e a bastante opcional terceira parte da tríade formada por ela, pela Fortaleza no Pendor das Sombras e O Labirinto da Espiral do Trovão;
    • Orcs of Stonefang Pass (nível 5) é outra aventura baseada em Winterhaven, mas esta foca o oeste, nas Stonemarch Mountains, lar de uma tribo de orcs brutais;
    • Madness at Gardmore Abbey (níveis 6-10) é uma aventura popular e bastante querida ambientada na área de Winterhaven;
    • Hammerfast: A Dwarven Outpost Adventure Site é um mini-cenário de campanha, oferecendo o detalhamento da cidade anã e suas redondezas, bem como orientações para a criação de uma campanha entre os níveis 1-10 (no lugar de oferecer uma aventura detalhada);
    • Vor Rukoth: An Ancient Ruins Adventure Site for D&D é uma adventure location, como a de Hammerfast, que está ao sul do Vale Nentir.

Há ainda muitas aventuras que possuem um cenário genérico que podem ser jogadas como estão na sua versão do Vale Nentir.

Fonte: Livro do Mestre do Dungeons & Dragons (4ª Edição)

Fonte: Livro do Mestre do Dungeons & Dragons (4ª Edição)

Localidades

Uma das coisas que mais gosto a respeito do Vale Nentir é que você tem locais muito detalhados, mas mantém a flexibilidade para criar seus próprios lugares sem ter de se preocupar com seus jogadores reclamarem que você está contradizendo o material oficial apresentado em zilhões de livros, quadrinhos e videogames. A área passa a noção de haver uma história longa (algumas vezes detalhando-a), mas não há motivos para você deixar isso te atrapalhar.

O Vale Nentir é um lugar durão e as áreas selvagens entre os pontos de luz podem ser mortais.

Aqui estão alguns dos principais pontos-de-luz que você pode usar como ponto de partida para os seus jogadores antes deles desbravarem os perigos que habitam as florestas, planícies e dungeons das áreas não-civilizadas. Fora das bordas do Vale Nentir pode existir o que você quiser. Ou, você pode dar uma olhada no jogo Conquest of Nerath para ter algumas idéias (veja o mapa abaixo).

(Nota do Tradutor: Vou ignorar os termos traduzidos e manter os nomes no original para facilitar a vida de quem quiser pesquisar por maiores informações a respeito do cenário na internet. Espero que não se importem.)

  • Hammerfast
    A leste jaz Hammerfast, a maior e mais próspera comunidade na região. A Trade Road atravessa os portões da cidade e continua a leste até as Dawnforge Mountains. Hammerfast é uma fortaleza e uma necrópole, então tem muita diversão se você gosta de invasões de orcs e mortos-vivos.
  • Harken Forest
    Esta enorme floresta é cheia de elfos da floresta, drow, entes, aranhas, goblins e outras coisas. Se você quer começar numa vila élfica, aqui é o melhor lugar, especialmente se começar com o clã Woodsinger da Harkenwold Forest. Aproveite e visite a comunidade druídica do Harken’s Heart.
  • Harkenwold
    A isolada Harkenwold está bem longe da King’s Road e é populada por fazendeiros, lenhadores e marceneiros, além de mercadores de animais. Esta coleção de meia dúzia de pequenas vilas forma o Baronato de Harkenwold. É um ótimo cenário caso queira mestrar aventuras em pequenos vilarejos – a área de Red Larch da aventura Princes of the Apocalypse pode ser trocada por Harkenwold.
  • Fallcrest
    Esta grande cidade funciona como um entreposto no centro do Vale Nentir e é um excelente ponto de partida para seus PCs. Nela, viajantes e mercadores encontram-se na intersecção da antiga King’s Road com a Trade Road dos anões. Fallcrest é rodeada por terras produtivas e locais de aventura. Ela pode agir como uma base de operações para os PCs retornarem, ou pode ser o local da aventura para uma campanha urbana em menor escala. Há muitos NPCs e ganchos de aventuras providos pelo Guia do Mestre da 4ª Edição (e outras aventuras neste cenário), o bastante para prover uma campanha inteira. Fallcrest tem cemitérios, gangues, cultos e mais dentro da própria cidade. Além de kobolds, goblins, bruxas, dragões e demais perigos em seus arredores.
  • Winterhaven
    A remota vila de Winterhaven fica no nordeste. Como Fallcrest, este Ponto de Luz é uma comunidade pequena rodeada por alguns quilômetros de terras produtivas e pastorais, mas seu tamanho diminuto não faz aventuras urbanas funcionarem nela. Os orcs a nordeste poderiam invadir a vila novamente a qualquer momento, fazendo com que ela funcione mais como uma fortaleza.
  • Nenlast
    A comunidade pesqueira no noroeste é pequena e remota, mas é um ponto de luz que pode ser explorado no início ou qualquer outro momento da campanha. É um ótimo ponto inicial para enfrentar os Bárbaros Tigerclaw, a Legião de Dythan (um bando de Dragonborn) e as Frost Witches da área ao norte do Vale.
O Vale Nentir encontra-se no noroeste deste mapa, do jogo de tabuleiro Conquest of Nerath.

O Vale Nentir encontra-se no noroeste deste mapa, do jogo de tabuleiro Conquest of Nerath.
Visite http://www.wizards.com/dnd/files/Nerath_Map_HighRes.jpg para baixar uma versão grande em alta resolução deste mapa.

Opções para Jogadores

O Vale Nentir é o cenário padrão do D&D 4ª Edição, e seus criadores certificaram-se de fazerem um lugar que permitisse o uso de uma porção de raças de personagens e monstros. Para a 5ª Edição, você pode prover as seguintes informações aos seus jogadores para ajudá-los a descobrir de onde seus personagens podem vir (ou misturar os detalhes oferecidos, como preferir).

  • Dragonborn são uma visão rara no Vale. Alguns poucos podem ser encontrados nas cidades, atuando como guarda-costas ou escoltando caravanas. Há ainda um grande grupo de Dragonborns chamado a Legião de Dythan, que buscam por relíquias do passado ligadas ao seu antigo império, Arkhosia;
  • Gnomos são quase inexistentes no Vale. Eu colocaria gnomos funileiros nas cidades e gnomos das florestas vivendo nas comunidades sob as árvores da Harken Forest. Se você quiser criar uma comunidade de Gnomos Funileiros, vai fundo, mas o mais provável é que esta comunidade seja de gnomos imigrantes;
  • Anões podem ser encontrados nas cidades. Para a 5ª Edição, eu colocaria um número pequeno de anões da colina em Fallcrest e os anões da montanha a leste, na cidade de Hammerfast;
  • Elfos da Floresta são vistos raramente nas comunidades dominadas pelos humanos. Provavelmente, um elfo da floresta viria de uma das pequenas vilas na Harken Forest;
  • Altos Elfos são raramente vistos em qualquer ponto do Vale. Na 4ª Edição, os Eladrin eram raros no Vale, então nossos Eladrin vieram do Feywild. Para a 5ª Edição, eu colocaria os Altos Elfos vindos de fora da área, ou do Feywild também;
  • Meio-Elfos podem ser encontrados em pequenos números, mas dada a raridade dos elfos no Vale, a interação com humanos necessária para criar um meio-elfo seria bem rara. Pode decidir você mesmo como a sociedade trata crias de dois mundos diferentes;
  • Humanos são a raça dominante do Vale Nentir, fora em Hammerfast e na Harken Forest;
  • Halflings são o segundo povo mais numeroso no Vale, e como os humanos, podem ser encontrados em praticamente qualquer lugar;
  • Tieflings são raros e mais prováveis de serem encontrados em Fallcrest, vivendo sob o domínio de duas famílias tieflings ou operando como donos de lojas. Os tieflings têm uma história longa neste mundo, e eram originalmente humanos nobres antes de construírem o já inexistente império de Bael Turath;
  • Você pode encontrar um lugar para as demais raças, como os Shifters e Goliaths, assim como os DMs tiveram de fazer na 4ª Edição à medida que novas opções de raças eram adicionadas com o lançamento dos Player’s Handbook 2 e Player’s Handbook 3.

 

Anúncios

Sobre CF

A fellow brazillian player.

Publicado em 07/07/2015, em Dicas e marcado como , , , , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: